quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

1º ENCONTRO REGIONAL DA AGRICULTURA FAMILIAR DO LESTE MARANHENSE FOI REALIZADO COM SUCESSO



Cerca de mil agricultores lotaram o auditório do Centro Comunitário João Paulo II, na manhã deste sábado, 27, para participar do 1° Encontro Regional da Agricultura Familiar do Leste Maranhense,realizado com muito sucesso em Caxias. 

Agricultores familiares, lideranças políticas, prefeitos e representantes dos municípios de Coelho Neto, Matões, Duque Bacelar, Timon, Codó, Aldeias Altas, São João do Sóter, Caxias, Peritoró, Timbiras e Afonso Cunha compareceram no evento.

"Hoje estou muito feliz de realizar aqui no município de Caxias, onde cresci, este Encontro Regional, onde mais de 1000 agricultores familiares da região estão participando conosco. Trouxemos um pacote de ações para o fortalecimento da agricultura familiar aqui na região como: 50 trituradores forrageiros, 01 multicultivador, sementes de hortaliças, adubo orgânico, lançamento de 25 cisternas escolares de 52 mil litros para escolas rurais", falou o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.


Além desses benefícios, houve palestras sobre o relançamento do Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF no Estado e sobre o programa Cisternas. Ainda na abertura o coordenador de projetos da SAF, Osvaldo Albuquerque apresentou os avanços da agricultura familiar do MA.


Participaram da solenidade os prefeitos Zé Reis (Aldeias Altas) e Jorge Oliveira (Duque Bacelar); presidente da Agerp, Júlio César Mendonça; secretário adjunto da SAF, Chico Sales; os superintendentes da SAF, Loroana Santana e Pedro Bello; Naêmio representando a prefeita de São João do Sóter; presidente da FETAEMA, Chico Miguel; vereadora de Caxias, Aureamélia Soares; presidente do STTR de Caxias, Neto do Sindicato; o presidente do STTR de São João do Soter, Chico Cândido e Zezito, também da cidade que na oportunidade representaram todos os STTRs da região; o senhor José de Sousa, presidente do SINTRAF; Francinete Oliveira, presidente do Inapem; coordenador da UTE, João Batista Rios; secretário de agricultura de Caxias, Ney Jefferson; os gestores Regionais da Agerp, Júnior Martins, Sebastião Wagner, Rosiane Lobo e Aécio Borges; o vice-prefeito de Aldeias Altas Itamar Soares.


FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR SERÁ REALIZADA EM SÃO RAIMUNDO DAS MANGABEIRAS



A próxima Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) será realizada na cidade de São Raimundo das Mangabeiras. O evento é um compromisso do Governo do Maranhão em benefício dos pequenos agricultores com oferta de capacitações, tecnologias, troca de experiências exitosas e oportunidade de comercialização dos produtos. Os detalhes para alinhamento da Agritec foram discutidos na semana passada. O evento está marcado para os dias 24, 25 e 26 de abril.

O secretário adjunto de Organização Produtiva da SAF, Chico Sales, ressaltou a importância da parceria do Governo do Maranhão com outras entidades governamentais, como as prefeituras, e com movimentos sociais na construção de um evento de qualidade.

“É com muita satisfação que vejo a presença de tantas representações sociais, de parceiros e municípios nessa reunião da Agritec. É com o apoio de todas as entidades que temos conseguido fazer um evento lindo por onde passamos, no apoio ao agricultor e agricultora familiar maranhense”, pontuou Chico Sales.

Após a reunião, a comitiva visitou o local onde será realizado o evento, junto com o secretário de Agricultura de São Raimundo das Mangabeiras, Isaías de Sousa.

Também estiveram presentes na reunião representantes do Sistema SAF (SAF, Agerp, Iterma), como a secretária adjunta de Extrativismo Luciene, Dias Figueiredo, a superintendente de Comercialização Marilene Bandeira, o gestor da Agerp Regional do Cerrado Sul Maranhense, Aldecy Pereira, técnicos da Agerp na região; representantes das prefeituras municipais de São Raimundo das Mangabeira, Sambaíba e Balsas; Embrapa; Sebrae; IFMA; IBGE; AGED; Banco do Brasil; Regional Sul da Fetaema; UNICAFES; Vigilância Sanitária do Maranhão; associações, cooperativas e sindicatos de trabalhadores e trabalhadoras rurais das cidades de Balsas, Carolina, Feira Nova, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Riachão, Sambaíba, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas e São Raimundo das Mangabeiras.

A segunda reunião, com o comitê de organização, será realizada em São Raimundo das Mangabeiras no dia 5 de fevereiro.

Sobre a Agritec
A Agritec é a maior feira de agricultura familiar e agrotecnologia do Maranhão. Nela, agricultores e agricultoras familiares do Cerrado Sul terão acesso à formação com cursos e palestras, contato com novas tecnologias para beneficiar sua produção e também comercializarão os seus produtos. O evento já foi realizado 14 vezes, com a presença de mais de 230 mil pessoas e com mais de 25 mil agricultores capacitados. Mais de R$ 1,5 milhão foi movimentado em comercialização ao longo das edições da feira.





sábado, 27 de janeiro de 2018

GOVERNO DO ESTADO FORTALECE CADEIA EXTRATIVISTA DA JUÇARA-AÇAÍ NOS MUNICÍPIOS MARANHENSES


 

Com investimentos de mais de R$ 1 milhão de reais o Governo do Estado, por meio do Sistema SAF, está avançando nas ações de fortalecimento da cadeia produtiva do extrativismo com foco na juçara (região Alto Turi e Gurupi) e babaçu (região baixada maranhense). Entre as ações estão a reestruturação de agroindústria, entrega de kits de irrigação, aquisição de equipamentos, de veículos para assistência técnica.

Nesta última semana, os técnicos que realizam assistência técnica as famílias beneficiadas contempladas, realizou reuniões junto aos agricultores familiares para levantamento de dados nos 5 municípios contemplados com a Cadeia Extrativista da Juçara-Açaí. São eles: Amapá do Maranhão, Cândido Mendes, Carutapera, Godofredo Viana e Luís Domingues.

Nas ações implementadas pelos técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – Agerp, estão inseridas atividades de orientação técnica relacionadas ao georreferenciamento da área de plantio, onde estão sendo disponibilizados hectares de terra de produção de Açaí Consorciado e Açaí Nativo, junto a famílias que já realizam trabalhos agroextrativistas.

As ações são realizadas em parceria com as prefeituras de cada cidade e visam desenvolver uma cadeia produtiva de juçara na região do Alto Turi e Gurupi, local onde já existia produção da juçara, mas não tinham apoio do governo para desenvolvê-la em larga escala. A intenção é fortalecer e desenvolver uma produção expansiva na região que contempla nestes 5 municípios.

Para a secretária adjunta de Extrativismo, Povos e Comunidades Tradicionais da SAF, Luciene Dias Figueiredo, cadeia da juçara/açaí vai beneficiar até 70 extrativistas por municípios nos municípios de Amapá, Cândido Mendes, Godofredo Viana, Carutapera e Luís Domingues com investimento para reforma de Agroindústria, aquisição de equipamentos, aquisição de veículos, instalação UD agroflorestal e diversas outras ações para o beneficiamento da juçara.

“Inicialmente estamos trabalhando com a região do Alto Turi e Gurupi, mas, com o passar do tempo, iremos expandir. O foco é desenvolver a produção e fortalecer a cadeia da Juçara/Açaí. Para isto, estamos construindo uma Agroindústria em Luís Domingues, que vai beneficiar a cadeia”, explicou o coordenador da Cadeia Agroextrativista da Juçara/Açaí da SAF, Obed Soares.

O agricultor familiar, Lauro Miranda, morador do povoado Vertente, de Amapá do Maranhão, se disse bastante feliz com as ações governamentais. Hoje ele dobrou a sua produção com os kits de irrigação que recebeu do governo.

Cadeia do Babaçu - Está sendo investido R$ 957.547,43 mil para reforma e ampliação de agroindústria para extração de azeite, mesocarpo e compras de equipamentos no município de Viana, beneficiando direta e indiretamente 280 famílias nos municípios de Viana, Matinha e Cajari.

“Estas iniciativas nos ajudam a crescer junto com o povoado. Hoje eu consigo produzir o dobro do que já produzia e tenho muita satisfação em ter ao meu lado o Governo do Estado do Maranhão e o secretário Adelmo Soares”, afirma.

O secretário de Estado da Agricultura Familiar – SAF, Adelmo Soares, garante a intensificação do trabalho da secretaria no desenvolvimento da cadeia da Juçara/Açaí.

“Hoje temos um governo que está lado a lado com o trabalhador rural. As nossas ações, reafirmam o nosso comprometimento com a agricultura familiar do Maranhão, nessa caminhada de construção de um Estado mais justo e de melhores oportunidades para o homem do campo”, encerra.

DIA D MAIS IDH LEVA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E DE SAÚDE A SANTANA DO MARANHÃO



Com o olhar voltado para as pessoas que mais precisam, o Governo do Estado realizou, no último sábado (20), o Dia D Mais IDH, levando ações de promoção à qualidade de vida em 13 municípios dos 30 atendidos pelo Plano Mais IDH, que visa reduzir a desigualdade social no Maranhão.

Uma destas cidades é Santana do Maranhão, onde o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares, e o secretário adjunto de Promoção do IDH da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), Bruno Lacerda, estiveram representando o governador Flávio Dino.

O evento contou com diversas atividades como entrega de kits de irrigação e sementes, capacitação do Programa Agroamigo, serviços da Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA) e prefeitura municipal, ações do programa de alfabetização Sim, Eu Posso! e muito mais.

A população recebeu com muita alegria a presença do Governo do Maranhão na cidade, reconhecendo a importância do Plano Mais IDH na melhoria da qualidade de vida de quem mora no município.

“Minha vida se transformou. Pude ter minha produção, adquirir uma renda e pretendo a partir disso fazer ainda mais”, nos contou Bernarda, beneficiária do Plano Mais IDH, que já obteve fomento para agricultura familiar e uma cisterna. Ela participou da capacitação do programa de microfinanciamento de crédito do Banco do Nordeste, o Agroamigo.

Na cidade, o evento foi realizado pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Santana do Maranhão e a Junta Unificada de Missões, formada por missionários de diversas igrejas do Rio de Janeiro e Chile.

Também estiveram presentes na ação o prefeito de Santana do Maranhão, Fransquim Tavares; o ex-prefeito, Raimundo Tavares; além de vereadores e secretários municipais.

Fotos: Tiago Peixoto

SECRETÁRIO DE ESTADO DA AGRICULTURA FAMILIAR CONVIDA

Adelmo Soares ao lado de Magno Chaves: “Por Caxias e pelo Maranhão”



Adelmo Soares trata Magno Chaves como “jovem revelação da Política Caxiense”.

O titulo desta postagem foi extraída do perfil do secretário de Agricultura Familiar do MA, Adelmo Soares, na rede social facebook durante evento ao lado do empresário caxiense Magno Chaves, que, assim como ele, é pré-candidato a deputado, só que numa vaga na Câmara dos Deputados, enquanto Soares avança firme no seu projeto de conseguir uma cadeira na Assembleia Legislativa do MA.

A foto acima não é recente, é de setembro do ano passado, mas retrata bem a relação cada vez mais forte entre os dois postulantes a uma vaga de deputado, que nos últimos dias passaram a estreitar cada vez mais as relações com vistas às eleições de 2018.

Analistas políticos ouvidos pelo Blog dão como certa a dobradinha Adelmo/Magno em Caxias.

A costura política feita pelo secretário de Agricultura Familiar na princesa do sertão é digna de elogios.

Pisando em ovos ao fazer política em Caxias quando Humberto Coutinho era o principal nome de Flávio Dino na cidade, sem HC no cenário AS fica cada vez mais a vontade para fortalecer seu nome como um dos principais nomes da oposição.

Embora Magno Chaves não tenha a mínima chance de sucesso eleitoral, uma vez que sua candidatura surge simplesmente para projetá-lo junto ao eleitorado caxiense, ele serve aos propósitos de Adelmo, que precisa de alguém, embora sem chance de vitória em 2018, que possa abrir caminhos nos palanques e caminhadas pelo cidade, pois um parceiro que é filho da terra preenche perfeitamente os requisitos para uma dobradinha de sucesso.

Representando “sangue novo” na oposição em Caxias, Adelmo trabalha para se colocar como alternativa ao atual grupo dominante e para isso está mexendo bem no tabuleiro político.

Queda drástica

Antes nadando de braçada como candidato a deputado federal no outrora forte grupo Coutinho, Rubens Júnior deverá ver seus 17 mil votos obtidos em Caxias em 2014 diminuírem drasticamente.

No cenário como Adelmo fazendo dobradinha com Magno Chaves, as chances de Rubens Júnior alcançar 50% dos votos da eleição anterior são mínimas, o que também serve para Cleide Coutinho, que assistirá uma queda igualmente drástica na votação dada ao seu grupo.

Embora a parceria entre Soares e Chaves ainda não tenha sido sacramentada, assim que os ponteiros estiverem devidamente acertados, tende a ser a principal dor de cabeça para os nomes apoiados pelo prefeito Fábio Gentil.

Se terão sucesso, já é uma outra história...



PUBLICIDADE :  





                              
                              TRABALHAMOS COM FRANGOS DE 1ª QUALIDADE
                                          FRANGOS ABATIDOS TODOS OS DIAS
                    RUA  EUGENIA CAMPOS N 763 - CENTRO- SÃO JOÃO DO SÓTER

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Governador em exercício Carlos Brandão, Secretário Adelmo Soares e Presidente da AGERP Beneficiam Município de Cachoeira Grande com Cisternas do Programa Segunda Água .

A ENTREGA DE 90 CISTERNAS NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA GRANDE GARANTE PRODUÇÃO PARA ANO INTEIRO.
O TRABALHO não para. Na manhã desta segunda-feira, 08, o Secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, ao lado do Governador em exercício, Carlos Brandão, e do presidente da AGERP, Júlio César Mendonça, entregou 90 cisternas do programa Segunda Água, no município de Cachoeira Grande.
A solenidade de entrega foi no povoado Casca Grossa, onde 23 famílias foram beneficiadas com 23 cisternas de 25 mil litros e um caráter produtivo (criação de aves e cultivo de hortaliças).
A felicidade era visível no olhar de cada beneficiário. "A partir de agora é com a gente. O Governo fez sua parte. Só tenho a agradecer por esse incentivo que o governo está dando para quem quer trabalhar", enfatizou dona Marinete Marques, beneficiária do Programa.
Com a execução do Programa no Maranhão, as famílias poderão produzir o ano inteiro, mesmo no período de estiagem.
A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, criança e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, comida e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé






PUBLICIDADE :  





                              
                              TRABALHAMOS COM FRANGOS DE 1ª QUALIDADE
                                          FRANGOS ABATIDOS TODOS OS DIAS
                    RUA  EUGENIA CAMPOS N 763 - CENTRO- SÃO JOÃO DO SÓTER

"O senador Sarney descobriu agora que há pobreza no Maranhão", critica Flávio Dino em rede social




O governador Flávio Dino (PCdoB) usou as redes sociais para criticar a oligarquia Sarney após uma enxurrada de ataques sofridos por meio do jornal e da emissora da família. Por meio da rede sociais, Dino chamou a oligarquia de oposição irresponsável e rebateu o fato de que, há 62 anos no poder, só agora eles se mostram incomodados com a pobreza no Maranhão, fruto do próprio desgoverno deles.
“Há 62 anos no poder, o senador Sarney descobriu agora que há pobreza no Maranhão. Foi deputado, governador, presidente da República, presidente do Senado por 3 vezes. E agora ele cobra que eu resolva suas omissões em apenas 3 anos. Oposição irresponsável”, afirmou.
Usando o seu jornal como fantoche para bombardear sem fundamentos e com uma irresponsabilidade que beira ao desespero a gestão do governador Flávio Dino, a oligarquia Sarney tem publicado uma série de matérias que chegam a ferir os princípios básicos do jornalismo, afirmando que a pobreza no Maranhão aumentou, ou a qualidade de vida dos maranhenses diminuiu.
O que chama atenção, é a falta de embasamento dos jornalista, que agem como especialista em economia ou sociologia. A falta de profissionalismo nas matérias de o Jornal O Estado do Maranhão e o portal Imirante, tem gerado milhares de críticas dos internautas que questionam até a veracidade das informações. 



Publicidade :

                                      

             Cartório do Ofício Único de São João do Sóter    Autentificações ,Escrituras , procurações                                               ,Testament,Inventários ,Atas Notariais ,Separação e                                                 Divórcios e  Reconhecimento de firmas    

                                                        

Arquivo do blog